T O P
  • By -

[deleted]

[удалено]


Aaronjohnes

Pois é. Eu sou do tipo que geralmente jogo completamente na minha, mas é impressionante a quantidade de gente imatura nesses jogos. No momento que começam a fracassar no jogo, não hesitam em expor os erros de todos os outros e humilhar como se fosse muito melhor, ao mesmo tempo que o desempenho do próprio tá no lixo. Tem hora que eu não aguento e rebato esses animais, mas sempre me arrependo porque sinto meu QI baixar.


Douglas12dsd

É por isso que, a partir do momento que isso passa a me incomodar e tirar minha diversão, eu desinstalo o jogo. Jogo é pra ser divertido, não estressante. Feliz eu sou por ter Factorio com Pyanodon que vai me dar 1000 horas de diversão garantida até eu zerar (e caso eu queira fazer 100%, lá se vão outras 2000 horas.)


elitehaya

É basicamente o mesmo motivo da origem do velho meme do BR HUEHUEHUE. O brasileiro já tem essa ideia fora do mundo dos jogos, aí lógico que vai acabar indo pra lá de alguma forma. Quanto a serem ruins, aí depende do que significa ser bom. Se for por causa da cena competitiva que é mais forte lá fora, isso é um negócio que tá mudando, mas videogame e tempo pra treinar são coisas que o brasileiro não tem muito acesso. O mais próximo de modo online que eu tenho jogado é cod. Talvez a minha única reclamação sobre as partidas daqui do Brasil são a falta de diversidade de alguns modos de jogo, em que eu tenho que jogar com americano e me fodo com lag. De gente falando merda, eu via igualmente em espanhol e em português, mas eu passei a deixar tudo no mudo.


Aaronjohnes

Principalmente arrogância e desrespeito que me refiro, o que levam os brasileiros a estarem sempre muito desatualizados e serem detestados como pessoas no geral. Claro que isso não é todo mundo, mas é suficiente pros gringos evitarem pelo que vi. Infelizmente a parte do atraso tecnológico é real e triste, mas n tem muito o que discutir sobre aqui... Quando eu joguei World of Warcraft, sempre que alguém vinha de um reino (tipo os canais de entrada) brasileiro, o cara tinha umas 70% de chance de estragar tudo, começar a falar muita aleatoridade, e ter desempenho fraco no geral. Eu tive que sair do reino brasileiro porque os gringos literalmente evitam você se verem que é brasileiro, o que me deixava bem triste por várias razões. No lol eu vejo que o brasileiro demora muito a entender o que tá rolando na meta do jogo. Quando alguém tenta algo diferente é uma chuva de toxicidade. Às vezes o negócio ta totalmente na meta, como já rolou comigo, mas os brasileiros ainda não sabem, e ficam te xingando enlouquecidamente antes de tentar entender. Daí você vê coisas engraçadas como caras tentando meta de um ano atrás que n funciona mais por conta de atualizações alegando que "é meta gringa".


Scared-Ad-7500

Acho q pq a maior parte da comunidade de jogos do Brasil são crianças ou uns marmanjos q são rejeitados na sociedade e descontam tudo nos jogos; mas eu so vejo essas pessoas em jogos competitivos. Jogos casuais single player geralmente tem pessoas legais. Acho q depende mt do tipo de jogo tbm


Aaronjohnes

Nem fala. Tem hora que eu vejo os caras tendo uns comportamentos tão bizarros, "cringe" num surto de raiva que eu fico com pena de responder o cara porque ele claramente é infeliz (ou uma criança mesmo). Sim, single player tende a ter uma comunidade boa, mas acho que isso serve no geral.


[deleted]

Brasileiro não tem tempo pra joguinho, tem que ir trabalhar. Ás vezes joga uma ranked pra relaxar dps de ter passado o dia levando carga, ai é tóxico fode com tudo. Além que tem a falta de acesso também, videogame e pc bom custa caro, e não adianta dizer que periferico não faz diferença, pq faz sim.


Douglas12dsd

Entendo seu primeiro parágrafo, mas... >Além que tem a falta de acesso também, videogame e pc bom custa caro, e não adianta dizer que periferico não faz diferença, pq faz sim. O que isso tem a ver com o tema do post? Acessibilidade diferencia toxicidade? Fale mais sobre.


[deleted]

Só dei exemplo de um efeito dominó, os cara jogam quando chegam do trabalho ou depois da escola, ambas coisas que sugam muito o mental do cara. (Não que lá fora não trabalhem nem tenham escola, mas aqui existe um desespero justificado, uma ansiedade por conseguir alguns centavos pra se manter e o trabalho e estudos meio que seriam a escada pra isso). Aí o cara chega nesse pique pra jogar, não joga direito, não tem tempo pra treinar, joga umas 3 partidas e depois fica sem tempo devido a outras obrigações e ainda pode acabar sendo tóxico no jogo, fodendo a play dos outros e do time, pq acaba a comunicação.


Douglas12dsd

Ah, sim. Concordo com seu ponto. Só que ele expande o que você já falou no seu primeiro parágrafo, que por si só já estava suficientemente entendível. Mas e o segundo? O que periférico tem a ver com não ser tóxico? (Eu não tô tirando sarro de você nem nada do tipo. Eu realmente quero entender qual foi a linha de raciocínio que você teve até chegar nessa conclusão.)


[deleted]

Não po, periferico é outra história. Aí entra a parte da nossa economia fodida, que o cara não consegue ter um pc decente pra rodar sem travar e tem que jogar contra moleque com monitor de 144Hz e teclado mecanico. Saca?


Chemical_Design3255

Nem me fala já estive em clã top 30 de servidor br em fps, mas no valorant perco diversas partidas pq meu PC trava do nada. E mesmo assim as vezes fico na frente de quem tá jogando liso.... Imagina poder jogar em 144 hz 😂


Azure_Kobold

Ele fez malabarismo pra dizer que se mais pessoas jogassem, mais gente educada poderia contribuir para fanbases de jogos, mas como se trata de um nicho muito fechado para pessoas com melhores condições, acaba limitada a pessoas cansadas e escrotas. Foi o que eu entendi e discordo totalmente.


Recent-Exchange-6165

Ele está falando de periféricos de PC (placa mãe, memória…)


Aaronjohnes

Eu também discordo totalmente, ainda que exista essa realidade de alguma forma. Gringos não trabalham dessa forma? Isso não faz sentido. Beleza que a gente vive em um país subdesenvolvido que tende a ser explorado, mas você pode pegar países como o Japão, com exploração insana do tempo do trabalhador (igual ou pior), e os caras são muito menos tóxicos. Fora isso, a quantidade de brasileiros jogando online hoje é absurdamente alta. Há jogos muito acessíveis, como os da Riot.


Cerebeus

Que tipo de jogo você joga? Eu no momento estou jogando deep rock galactic (jogo coop) e geralmente só entro em sala BR por causa do ping. Nunca me incomodei com jogadores BR. Não posso dizer o mesmo de gringos e chineses que entram de vez em quando que só atrapalham. Pra min depende do jogo, competitivo online atrai mais pivetes mal educados.


Aaronjohnes

Hoje em dia só Lol, que já é um antro maximo de toxicidade, daí vc imagina a comunidade Br disso. Mas já joguei MMOs e FPSs. Chineses tendem a ser muito tóxicos também, mas acho que mais porque eles tentam trollar as coisas do que xingar e se recusar a aprender.


Confident-Category-8

Quais jogos que a gente tem essa fama? Tirando league of legends que eu já sei que a nossa reputação é péssima. Em alguns jogos como CS:GO, RB6, Fortnite, eu sei que competitivamente a gente não é considerando péssimo ( sobre a fama de tóxico já n sei dizer ) e um jogo não competitivo mas que os brasileiros tem muita história é Tibia.


Aaronjohnes

FPS eu acho que tende a ser uma exceção, principalmente CS. Até porque é disparado o gênero favorito do brasileiro. Mas em todos os outros gêneros que joguei e tem algum nível de competição a fama de péssimo e tóxico é real, principalmente MMOs.


Particular_Baby9343

Pc gamer é caro, internet é uma bosta, trabalhar mais de 8 horas por dia, e etc.


iNexus893

Geralmente é pq estamos num país de 2° mundo e não temos tempo para ficar jogando. Além de a maioria não ter um PC, um monitor, um mouse, teclado ou uma internet boa. Então não tem como jogar bem contra um gringo com um pc com uma i9 e uma rtx 3080, com um monitor de 120hz, com um ping de quase 0 e que tem tempo e energia pra jogar.


LogicalCat4446

Argentino também é uma desgraça. Acho que você acha isso pq tem mais contato com brasileiro


Aaronjohnes

Hahahaha pode crer. Os argentinos são terríveis, mas acho que eles tendem a se misturar no bolo de latino-americano hispânicos que oscilam no tipo de comportamento.


Anonimgaming000

Depende, há pessoas que sabem jogar muito bem, e também há pessoas que sabem aceitar a derrota. Eu só jogo jogo offline, eu só não jogo jogos online não é nem pela comunidade, mas sim pela minha Internet lenta